top of page

Ministério da Saúde alerta para aumento de casos graves de dengue no país

Pasta sugeriu atendimento diferenciado para pessoas com diagnóstico da doença e piora do quadro de saúde.


O Ministério da Saúde alertou as secretarias dos estados e municípios para o aumento de casos graves de dengue no país. Ao todo, o Brasil já registrou 973 mil casos prováveis e 195 mortes pela doença. A declaração da titular da pasta, Nísia Trindade, foi feita nesta quarta-feira (28) durante reunião com secretários de saúde para detalhar o Dia D de Mobilização Nacional Contra a Dengue, que será feito no próximo sábado. Durante discurso, a ministra da saúde alertou a antecipação do pico de dengue, que geralmente atingia o país em abril e também anunciou que a pasta vai divulgar, nesta sexta, orientação de atendimento médicos para mulheres grávidas com diagnóstico de dengue. “Na sexta-feira vamos divulgar o manejo clínico das gestantes para ter esse atendimento. E falando do Dia D é importante destacarmos que essa união é fundamental, tem que ser um esforço nacional. Precisamos mostrar para a população a atuação conjunta de todas as esferas do governo: federal, estadual e municipal. Não podemos ter estados que não participem dessa campanha, podemos ter particularidades de cada região, mas todos devem se unir”, disse Nísia Trindade.

Durante apresentação, secretária de Vigilância em Saúde e Ambiente do Ministério, Ethel Maciel, alertou para o alto número de casos graves da doença. “Esse é nosso pior pico dos últimos anos. E também temos o aumento de casos graves, principalmente de idosos com comorbidade. Inclusive, precisamos pensar em uma entrada diferenciada desses idosos no sistema de saúde, uma porta de entrada para diagnóstico inicial, e para os pacientes que já estão com dengue e apresentaram piora no quadro, outro tipo de atendimento. Eles não podem competir com todos os outros para serem avaliados”, disse.

Segundo Ethel, o país está apresentando uma letalidade menor dos casos de contaminação, mas, em contrapartida, está com um número crescente de casos graves pela doença. Recursos

No começo da semana, o Ministério da Saúde anunciou a destinação de R$ 1,5 bilhão para estados e municípios para apoiar no combate à dengue. Um primeiro repasse de R$ 23,4 milhões foi autorizado nesta semana para locais que decretaram estado de emergência por dengue ou outra arbovirose.

O Distrito Federal, que é a unidade da federação com a maior incidência da doença, foi o mais contemplado, com R$ 5,5 milhão. Os outros R$ 17,8 milhões foram distribuídos entre 9 municípios do Goiás, Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo. A medida foi publicada no Diário Oficial.

0 visualização0 comentário

Comments


bottom of page