top of page

Ex de Dinho, do Mamonas Assassinas, fala de luto eterno: 'Dizem que nunca mais encontrei um amor, bobagem!'

Valéria Zopello usou suas redes sociais para atualizar os fãs, que desejam saber o que se passou com ela.


Avessa aos holofotes desde a morte de Dinho e os outros integrantes do "Mamonas Assassinas", a última namorada do vocalista, Valéria Zopello, decidiu usar as redes sociais para fazer um desabafo e, de certa forma, dar uma satisfação aos fãs do ex, que a seguem até hoje e tentam saber como ela vive, 30 anos depois da tragédia que acabou com seu noivado, no auge da paixão. "Se sou feliz? Claro! Se ainda lembro do Dinho? Óbvio! Se sigo guardando o luto? Com certeza não! O luto deve ter prazo de validade para conseguirmos seguir em frente, que é o que as pessoas que nos amam e partem nos desejam”, escreveu num post textão em seu Instagram.

Valéria iniciou a publicação diendo que não e sente obrigada a dar satisfações, mas em consideração ao imenso número de fãs do cantor que foi seu namorado, achou melhor romper o silêncio de anos: "Não me sinto na obrigação de ‘dar satisfações’ sobre minha vida, mas em nome do carinho que recebo há quase 30 anos, de forma tão gratuita e genuína, resolvi me manifestar sobre tudo isso”.

Como o Extra contou há poucos dias, durante o lançamento do filme sobre a banda, Valéria não teve filhos e abriu o coração para falar desa decisão: "Dizem que nunca mais encontrei um amor, o que é uma bobagem! Conheci homens maravilhosos ao longo de minha jornada. Cada um em seu tempo e lugar. Não ter tido filhos, em parte foi uma escolha, já que minhas profissões não permitiriam que uma criança fizesse parte”.

Por fim, a ex-modelo e hoje fotógrafa mandou um recado para seu público como um desejo para 2024: "Espero que todos estejam em paz, com a consciência desperta pro que importa de verdade nesta vida, que é curta! Amem. Sejam verdadeiros. Não desistam de seus sonhos. Não se sintam na obrigação social de serem o que não desejam”.


17 visualizações0 comentário

Comentários


bottom of page