top of page

Aumenta para 21 o número de mortos após passagem de ciclone no RS

Evento climático fez com que mais de 4.000 pessoas saíssem de casa; há 1.600 desabrigados e 2.700 desalojados


O número de mortos aumentou para 21 no Rio Grande do Sul após a passagem de um ciclone extratropical. A informação foi confirmada pelo Corpo de Bombeiros.

Os corpos foram localizados após o efetivo do Corpo de Bombeiros Militar vistoriar residências na cidade de Muçum, onde 15 corpos foram localizados. O município ficou com várias casas parcialmente submersas, e pessoas precisaram se refugir em telhados. As equipes de resgate estão concentradas na região do vale do Taquari, onde ficam Muçum e cidades como Roca Sales, Encantado e Lajeado. "Pessoas em cima de telhados e de árvores estão sendo resgatadas. Os picos de inundação são diferentes. Estamos monitorando as situações nos municípios", afirmou o coronel Marcus Vinícius Gonçalves Oliveira.

Na cidade de Roca Sales, a prefeitura orientou a população atingida pelas enchentes para que busque refúgio nos telhados de suas casas e aguarde pelo resgate. Até as 11h desta terça-feira (5), apenas quatro mortes haviam sido confirmadas. Além disso, há 1.600 desabrigados e 2.700 desalojados (que procuraram auxílio na casa de familiares e amigos). De acordo com o coronel Oliveira, da Defesa Civil do Estado, ao menos 18,5 mil pessoas foram afetadas diretamente pelo ciclone extratropical em todo o estado.

4 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page