Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Padre é suspenso após denúncia de abuso de poder e corrupção de vulneráveis em Angatuba. - Nova Regional 89,5 FM

Fale conosco via Whatsapp: +55 15 998557714

No comando:

Das às 11:20 - 15:20 - 20:20

No comando:

Das 00:00 às 05:00

No comando:

Das 06:00 às 09:00

No comando:

Das 09:00 às 12:00

No comando:

Das 10:00 às 13:00

No comando:

Das 12:00 às 13:00

No comando:

Das 13:00 às 17:00

No comando:

Das 14:00 às 14:00

No comando:

Das 16:00 às 17:00

No comando:

Das 17:00 às 19:00

No comando:

Das 20:00 às 23:00

No comando:

Das 23:00 às 05:00

Padre é suspenso após denúncia de abuso de poder e corrupção de vulneráveis em Angatuba.

Um padre que atuava em Angatuba (SP) há três meses teve as atividades suspensas pela Diocese de Itapetininga (SP) após denúncias que apontaram procedimento imoral de abuso de poder, aliciamento, sedução e corrupção de vulneráveis.

A suspensão do padre Roberto Januário de Moraes foi determinada pelo bispo Dom Gorgônio Alves da Encarnação Neto. O anúncio foi publicado no site da diocese na segunda-feira (1º).

Padre de Angatuba é suspenso após denúncia de abuso de poder e corrupção de vulneráveis

A determinação proíbe que ele exerça atividades em qualquer igreja até que um processo elaborado pelo Tribunal Eclesiástico de Itapetininga seja enviado ao Vaticano, que vai decidir o futuro do religioso.

“São situações em que ele infringiu a disciplina da igreja e a questão moral de exorbitação do poder que entra o aliciamento e corrupção de pessoas vulneráveis. A diocese toma a decisão definitiva, mas ele vai para processo de julgamento e ele tem direito de defesa”, afirma o bispo.

Fonte:g1 itapetininga

Deixe seu comentário: