Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Após vacinação, mortes de idosos entre 85 e 89 anos por Covid-19 caem 51% na cidade de SP em fevereiro e atingem menor nº desde outubro. - Nova Regional 89,5 FM

Fale conosco via Whatsapp: +55 15 998557714

No comando: Regulamento da Promoção

Das às

No comando:

Das às 11:20 - 15:20 - 20:20

No comando:

Das 00:00 às 05:00

No comando:

Das 06:00 às 09:00

No comando:

Das 09:00 às 12:00

No comando:

Das 10:00 às 13:00

No comando:

Das 12:00 às 13:00

No comando:

Das 13:00 às 17:00

No comando:

Das 16:00 às 17:00

No comando:

Das 17:00 às 19:00

No comando:

Das 20:00 às 23:00

Após vacinação, mortes de idosos entre 85 e 89 anos por Covid-19 caem 51% na cidade de SP em fevereiro e atingem menor nº desde outubro.

Em janeiro, houve 146 mortes e, em fevereiro, 71. Casos e internações também tiveram queda nesta faixa etária. Na contramão, estado de SP bateu recordes de mortes e internações em fevereiro e março.
O número de mortes por Covid-19 entre idosos de 85 a 89 anos na cidade de São Paulo caiu 51,3% em fevereiro de 2021, se comparado a janeiro do mesmo ano, segundo dados preliminares da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) obtidos com exclusividade pelo G1.

Os dados, que contemplam casos em todos os equipamentos, sejam eles municipais, estaduais, privados ou filantrópicos da capital paulista, mostram que as mortes dos idosos desta faixa etária recuaram de 146, em janeiro, para 71, no mês passado.

Para especialistas, a redução já pode já estar refletindo os efeitos da aplicação das vacinas, que começam a fazer efeito até 15 dias depois da aplicação – a Prefeitura de São Paulo começou a imunização dos idosos entre 85 e 89 anos contra a Covid-19 no dia 11 de fevereiro;
A quantidade de vítimas fatais da Covid-19 em fevereiro não foi a menor registrada em toda a pandemia – em setembro e em outubro de 2020 foram registradas 70 e 57 mortes, respectivamente, mas, desta vez, o registro acontece em um contexto de recordes de casos e óbitos no município, e não em um momento de arrefecimento da pandemia. Nesta terça-feira (16), São Paulo registrou 679 novas mortes por Covid-19, o maior número desde o início da pandemia.
O primeiro recorde de internações por Covid-19 no estado de São Paulo na segunda onda da doença ocorreu justamente em meados de fevereiro, e a semana passada foi a pior desde o início da pandemia, com média de 364 óbitos por dia.

Além disso, a queda de 53% do número de óbitos nesta faixa etária de um mês para o outro é a maior na cidade desde o início da pandemia – antes disso, a maior queda havia sido de 42,6%, de agosto para setembro de 2020.

Deixe seu comentário: